sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Popular é morto com golpes de faca na Favela do Fio

Salminio Silva de Araújo de 46 anos, saiu para comprar sopa e foi morto com várias cutiladas de faca, quando retornava para casa. Foi o 27º Crime Violento Letal Intencional em Mossoró em 2017.

O crime ocorrido na Favela do Fio, em Mossoró, na noite de hoje, 07 de fevereiro, teve como vítima, Salminio Silva de Araújo de 46 anos de idade. Ele foi morto a golpes de faca, na frente de sua residência, na Rua José Malaquias de Oliveira. 

Familiares disseram não saber o que pode ter acontecido, mas informaram a polícia, que Salminio era usuário de droga e trabalhava fazendo bicos. A família informou também que o mesmo já havia sofrido uma tentativa de homicídio, mas não souberam informar se recentemente, ele estaria sofrendo algum tipo de ameaça.

A Polícia Militar foi acionada e com a comprovação do crime, isolou o local e acionou a Delegacia de Plantão e a equipe de perícia criminal do Instituto Técnico e Cientifico de Pericia, Itep, para os procedimentos.

A motivação do crime e a identificação dos possíveis acusados, deverão ser esclarecidos pela equipe da Divisão de Homicídios de Mossoró.


Assaltante é morto em tentativa de assalto no Santa Delmira

A ação desastrosa de dois assaltantes na noite de hoje, 07 de fevereiro, terminou com um deles, baleado e morto no local. Foi o 26º Crime Violento Letal Intencional em Mossoró em 2017

A ocorrência foi registrada no início da noite quando um popular, possivelmente um agente de segurança, estava chegando em sua casa no Santa Delmira e foi abordado por dois elementos que desceram de uma motocicleta com um revolver em mão e anunciaram o assalto.

O popular reagiu, acertando um dos assaltantes, Douglas Henrique, que morreu no local. O outro abandonou a motocicleta, Fan de placa QGB 2532, da cidade de Caraúbas, com queixa de roubo na cidade. O elemento morto estava com um revolver com 03 munições intactas. Ninguém assumiu a autoria do crime.

A polícia militar isolou o local do crime para os procedimentos realizados pelas equipes da Delegacia de Plantão e no Instituto Técnico e cientifico de Perícia, “Itep” para onde o corpo foi removido e será necropsiado.


domingo, 5 de fevereiro de 2017

Pai e filho são mortos dentro de casa no Santa Helena na madrugada de hoje

Francisco de Lima de 50 anos e seu filho Carlos Alberto de Lima de 17, mortos a tiros dentro de casa no Santa Helena, eleva para 25 o número de “Crimes Violentos Letais Intencionais” em Mossoró em 2017

Cerca de 08 elementos invadiram uma residência na Rua Jorge Alves da Silva, no Loteamento Santa Helena em Mossoró, na madrugada de hoje, 04 de fevereiro e mataram a tiros, o dono da casa Francisco de Lima de 50 anos de idade e seu filho, Carlos Alberto de Lima “Carlinhos” de apenas 17 anos de idade.

Francisco, que segundo informações era pescador e não tinha envolvimento com o crime, pode ter sido morto tentando proteger o filho. Ele foi alvejado com cerca de 6 disparos de arma de fogo, possivelmente revolver e morreu na sala da casa onde morava com a família.

Carlinhos sofreu 03 disparos, sendo um na cabeça, segundo Joaquim Guimarães, perito criminal que realizou os procedimentos no local. Cerca de 06 a 08 indivíduos, encapuzados, com uma arma na mão, foram vistos saindo a pé pelas ruas esburacadas do bairro.

A polícia não descarta a possibilidade do crime ter sido uma tentativa dos criminosos de matar outro filho de Francisco, conhecido como “Fernando”, o matador do Santa Helena. Ele tem passagens pelo sistema prisional do estado, mas se encontra foragido.

Informações de populares, não confirmada pela polícia, que “Fernando” estaria no bairro e poderia estar dormindo na casa de seus pais na noite de hoje.

A equipe de perícia não identificou sinais de arrombamento nas portas de acesso a residência. O perito acredita que as vítimas abriram a porta ou saíram para atender e foram surpreendidas pelos criminosos. No local apenas uma munição deflagrada de revólver calibre 38.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Mais uma morte com caracteristica de acerto de contas com o tráfico de drogas em Mossoró

Na noite de hoje, 02 de fevereiro, Edigleyson da Costa Moura de 21 anos de idade, foi morto por disparos de arma de fogo, no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

O jovem foi alvejado com dois disparos de arma de fogo, quando passava em cima de um bueiro, na Rua Dionísio Justino e morreu no local, antes da chegada do socorro médico. Uma equipe do Samu ainda foi enviada, mas quando chegou no local, o rapaz já havia morrido.

Ninguém apareceu com algum tipo de informação sobre a ocorrência, apenas que Edigleyson tinha envolvimento com drogas e pode ter sido morto pelos próprios amigos de vicio.

A polícia militar fez o isolamento com a preservação do local para os procedimentos das equipes da Delegacia de Plantão e da Perícia Criminal do Instituto Técnico e Cientifico de Pericia, Itep, para o corpo foi removido e será necropsiado na base da Unidade do órgão em Mossoró.






segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Popular ferido a balas em Martins morre no hospital em Pau dos Ferros

Carlos Diniz Rodrigues, de 35 anos de idade, vítima de vários tiros de arma de fogo, morreu no Hospital Regional de Pau dos ferros para onde foi transferido. No momento do atentado, no bairro Jocelyn Vilar, próximo ao chafariz dos colégios, Diniz estava acompanhado de sua esposa Francisca Edileusa Costa, que também foi baleada.

Os dois foram socorridos para o Hospital de Martins, em seguida transferido para o Hospital Regional de Pau dos Ferros. Diniz, atingido na cabeça, Tórax, barriga e pernas, ainda chegou com vida a unidade hospitalar, mas não resistiu.

A polícia militar esteve presente no local, mais não tem pista de que teria sido o autor ou autores dos disparos que causaram a morte de "Diniz".

Segundo informações, Edileusa, teve um pulmão perfurado pela bala, mas saiu de Martins consciente. No hospital em Pau dos Ferros, ela teve o quadro de saúde agravado e precisou ser transferida às pressas para o Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró. As investigações ficarão a cargo da Delegacia da Policia Civil de Martins-RN.

Homem é morto com tiros na cabeça na Zona Rural de Governador Dix-Sept Rosado

Um homem de 33 anos foi morto a tiros na Zona Rural de Governador Dix-Sept Rosado (RN), cidade localizada a cerca de 320 quilômetros de Natal. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi morta na tarde deste domingo, dia 29 de janeiro, por dois homens que chegaram em uma motocicleta.

Adriano Martinelly da Silva Melo, de 33 anos, conhecida como “Negão”, estava com amigos em um Bar na comunidade de Pitomba, zona rural de Governador Dix-Sept Rosado, quando foi surpreendida por dois homens que chegaram em uma moto. O garupa desceu e efeituou os disparos contra Negão que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

Segundo o boletim de ocorrência, uma guarnição de plantão foi solicitada via telefone para atender a ocorrência de homicídio na zona rural do município. Ao chegar no local, os policiais encontraram um homem sentado em uma cadeira com perfurações de arma de fogo na região da cabeça.

Os atiradores não foram identificados pelas pessoas que se encontravam no estabelecimento. Após cometerem o crime, fugiram com destino ignorado e até o fechamento desta matéria do Icém Caraúbas nenhum suspeito foi preso.

A polícia militar isolou o local e aguarda a chegada da equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP/RN), para remoção do corpo para sede do órgão em Mossoró, onde será submetido à necropsia para ser liberado aos familiares. 

Jovem é morto a tiro na zona rural de Mossoró na madrugada de hoje

Jeronimo Freire Felix de 22 anos residente na Rua Nova em Jucuri foi morto com um disparo de escopeta nas costas, numa estrada carroçável de acesso ao Sitio Precisão, as margens da BR 405, entre Pedra Branca e Jucuri, na zona rural de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.

O crime foi registrado na madrugada de hoje, 29 de janeiro

A polícia foi informada que durante a madrugada uma chácara, onde acontecia uma movimentação festiva foi invadida por um grupo com cerca de 06 criminosos, que renderam todo mundo e levaram todos os pertences dos frequentadores de uma festa.

Os criminosos chegaram a efetuar disparos de arma de fogo em direção de um grupo musical e na fuga, levaram um carro tipo palio de um musico. O carro foi encontrado em chamas numa estrada carroçável entre o Bom Jesus e o Papoco em Mossoró.

Segundo informações, Jeronimo Freire e um amigo vinham chegando de motocicleta, na festa, no momento que criminosos estavam saindo do local. Os elementos mandaram que o condutor da motocicleta parasse e ele acelerou, tentando fugir. Os indivíduos atiraram, acertando apenas Jeronimo que morreu no local.

O médico do Samu, identificou perfurações nas costas e cabeça da vítima. O perito criminal, Eduardo Alexandre, identificou várias perfurações e como não foram localizadas capsulas, ele acredita que Jeronimo Freire foi alvejado com disparo de escopeta, possivelmente calibre 12. "Detalhe que só será possivel afirmar, após os procedimentos de necropsia".

Pouco tempo após o crime a polícia localizou dois veículos, um Grand Siena e um Palio, em chamas, as margens de uma estrada carroçável entre o Bom Jesus e o Papoco em Mossoró. O delegado de Plantão, Roberto Moura, não confirmou, mas acredita que o Palio é o que foi levado do Sitio. Quanto ao outro carro queimado, existe o registro de roubo de um carro Grand Siena, mas segundo o delegado, só após os trabalhos de perícia, será possível afirmar se é ou não o carro roubado.