domingo, 14 de junho de 2015

67ª Morte violenta em Mossoró: Jovem foi morto dentro de um bar no Dom Jaime Câmara



www.ocamera.com.br
Jovem de apenas 22 anos de idade foi morto no final da noite de ontem, sábado 13 de junho de 2015 em Mossoró no Rio Grande do Norte.

José Edgle Pereira Cruz, “Cabeludo” morador da Favela do Tranquilim foi morto dentro do Bar da Baixinha, na Rua Raimundo Uchôa, no bairro Dom Jaime Câmara.

66ª Morte violenta em Mossoró: Um jovem morreu e outro foi socorrido com ferimentos provocados por faca peixeira.

www.ocamera.com.br
Um jovem foi morto e outro ferido por arma branca na noite de Quarta-feira, 10 de junho de 2015, no bairro Planalto 13 de Maio em Mossoró Rio Grande do Norte. 

Dois jovens identificados como Daniel Vinicius da Costa, 18 anos de idade, morador da Alameda dos Cajueiros e Francisco Matias Neto, 20 anos de idade, foram feridos a cutilada de faca no quintal de uma residência na Rua Deputado Gastão Mariz, próximo ao Bar do Oito, na região do papoco.

Daniel foi ferido com uma cutilada penetrante na região lateral esquerda do abdômen e morreu no local. Francisco foi socorrido para Unidade de Pronto Atendimento do bairro e transferido para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

No quintal da residência foi deixada uma rede aramada embaixo de uma arvore e marcas de sangue entre o pé de cajarana e o local onde Daniel caiu já sem vida, na lateral da casa. Outras marcas de sangue seguiram por cima do telhado de outras duas casas e nas calçadas e calçamento, já na Rua Gastão Mariz.

A polícia e o responsável pela perícia técnica não descartam a possibilidade de uma terceira pessoa envolvida na possível briga, que terminou com a morte de Daniel e os ferimentos em Matias Neto.

A Policia Militar fez o isolamento do local do crime para os procedimentos realizados no pelas equipes de plantão na Delegacia de Homicídios e no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep. O corpo de Daniel Vinicius da Costa foi removido e será necropsiado na sede Regional da Unidade do órgão em Mossoró.