sábado, 27 de agosto de 2016

152ª Morte violenta em Mossoró em 2016: Jovem é executado dentro de casa na Lagoa do Mato


Mais uma morte violenta na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Um jovem foi surpreendido e morto quando lavava uma motocicleta na frente de sua casa na Rua Pedro Rodrigues na Lagoa do Mato. 

Francisco Anderson Fernandes Dantas “Andinho", de 24 anos de idade, se encontrava na calçada de sua residência lavando sua motocicleta, quando foi surpreendido por dois indivíduos noutra motocicleta do tipo Traxx.

Segundo informações, os criminosos passaram em frente a casa e quando viram “Andinho” lavando a moto, retornaram e já chagaram atirando. Ele foi alvejado com quatro disparos, sendo três na cabeça e um nas costas e morreu no meio da porta de entrada quando tentava se refugiar dentro de casa.


Segundo informações de populares e até mesmo da polícia, aparentemente a vítima não tinha envolvimento com crime, com outros tipos de ilícitos e nem tinha problemas com polícia ou com a justiça.

O que pode ter motivado os assassinos, é que segundo informações de pessoas próximas da família, “Andinho” teve um parente assassinado no ano passado e o que ele saiu conversando desagradou os criminosos, que prometeram calar sua boca.

Ainda segundo informações, depois que cometeram o crime na tarde de hoje, os criminosos gritaram que teria matado um e retornaria par pegar o outro, se referindo a outro irmão de Francisco Andersom Fernandes Dantas.


Depois dos procedimentos no local o corpo foi removido e será necropsiado na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró.

151ª Morte violenta em Mossoró: Preso do "PCC" mata outro do "Sindicato do RN" dentro da Mario Negocio

Uma briga envolvendo presos das duas principais facções criminosas com atuação nos presídios de Mossoró, pode ter sido a motivação para mais uma morte violenta em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O detento do Semi-aberto da Penitenciaria Agrícola Mário Negócio, Júlio Cesar Meira da Silva, “Julinho da Baixinha”, de 19 anos de idade foi morto dentro da penitenciaria, com 06 disparos de arma de fogo, sendo 04 nas costas e 02 na cabeça, segundo o responsável pela perícia criminal. 

Segundo informações, vítima e acusado chegaram recentemente no complexo penal para cumprir pena no regime semi-aberto, por assaltos e tráfico de drogas.

Anda segundo informações da direção, o acusado, Thiago Roberto Alves Maia, que pertence a facção criminosa “PCC” teria reclamado que estava sendo ameaçado de morte pela vítima, que pertencia ao Sindicato do RN. A motivação, seria a disputa de facções dentro dos presídios. 

Na tarde de hoje, a direção foi chamada com a informações que Thiago teria matado Lulinho, utilizando uma arma de fogo e fugiu. 

A policia de Mossoró tenta localizar e prender o acusado, enquanto a direção procura entender como um revolver municiado foi parar dentro de uma penitenciaria.
===

150ª Morte em Mossoró: Marchante é executado dentro de casa no Assentamento Vingt Rosado na madrugada de hoje.

Antônio Carlos da Silva Filho, de 34 anos de idade na madrugada de hoje, 26 de agosto, dentro de casa no Assentamento Vingt Rosado, na região do Jucuri, zona rural de Mossoró. 

Segundo informações da esposa que estava com Carlos Filho no quarto, cerca de 10 criminosos fortemente armados, procuravam por dinheiro e armas. Os elementos quebraram portas e janelas, reviraram toda a casa e ainda tentaram tocar fogo numa caminhonete que estava estacionada ao lado da casa. 

Os criminosos chegaram a pé e entraram na casa quebrando a porta dos fundos e mataram Carlos Filho dentro do quarto da residência onde ele dormia com esposa. Segundo o responsável pela perícia criminal, ele foi morto com vários tiros de revolver, pistolas e escopeta calibre 12. No local foram encontradas algumas capsulas de revolver, pistola e 16 cartuchos de escopeta, sendo que apenas 13 foram deflagrados. 

O Delegado de Plantão, Roberto Moura, acompanhou os procedimentos do Itep no local e conversou com a esposa da vítima. Roberto Moura falou com a imprensa presente, mas não adiantou detalhes sobre a motivação para o crime. 

Carlos Filho, como era conhecida a vitima, exercia a atividade de marchante. Ele comprava animais vivos, matava lá mesmo no Assentamento e vendia a carne no mercado do Alto da Conceição, em Mossoró. 
====

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

149ª Morte violenta em Mossoró: Comerciante é perseguido e executado dentro de seu carro no Bom Jardim

Mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo foi registrada na manhã de hoje, 25 de agosto, na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O comerciante e Ex-presidiário Kariele Carpegiani de Oliveira, de 37 anos de idade, morador da Rua Delfino Freire no bairro Boa Vista, foi atingido com cerca de 12 disparos de pistola e escopeta calibre 12, com perfurações de entradas e saídas e morreu dentro de seu próprio carro. O crime aconteceu no cruzamento das Ruas Delfim Moreira com Marechal Hermes, próximo ao Poço da Caern, no bairro Bom Jardim. 

Segundo informações, a vítima estava no carro com a esposa retornando da escola de um filho, quando foi seguido pelos criminosos. O carro, com várias perfurações de bala, atravessou a rua e bateu de frente com outro carro estacionado no acostamento da Rua Marechal Hermes. 

O comerciante morreu no local. Sua companheira nada sofreu. Dentro do carro da vítima a polícia encontrou um carregador de pistola com todos as munições intactas e a pistola, que segundo informações pertencia a ele, foi encontrada dentro de uma bolsa na casa mulher, que estava com o comerciante, no conhecido "Beco do Cacete" no Bom Jardim. 

Kariele Carpegiani teve passagem pelo sistema prisional local, onde cumpriu 10 anos de prisão acusado por um crime de homicídio, mas segundo familiares ele não devia mais nada a Justiça. Em dezembro de 2013 ele foi vitima de uma tentativa de homicidio no bairro Boa Vista, onde morava.

A polícia recebeu informações, que ultimamente ele estava trabalhando com a família no ramo de restaurante no bairro Boa vista, mas era investigado como suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. 

Após os procedimentos no local, o corpo de Kariele Carpegiani de Oliveira, foi removido e será necropsiado na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró. 

domingo, 21 de agosto de 2016

148ª Morte violenta em Mossoró: Jovem acusado de envolvimento com assaltos é morto no Santo Antoni

A Central de Operações da Policia Militar, “Copom” registrou no início da noite de hoje, 22 de agosto, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo na cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O crime aconteceu ao lado do campo de Futebol da Estrada da Raiz, no bairro Santo Antônio e teve como vítima Ítalo Rafael Alves da Silva, de 20 anos de idade. Ele foi alvejado com 03 disparos, todos pelas costas, segundo o perito Renildo Marcelino, responsável pela perícia criminal. 

Segundo o delegado de plantão, a vítima tinha um histórico de delitos no bairro com passagens por roubos e assaltos e estava com uma audiência marcada para as próximas semanas, na Comarca de Mossoró. 

Aparentemente, ítalo assistia um treino de futebol quando foi surpreendido pelos criminosos, mas ninguém quis prestar esclarecimentos a polícia. Próximo ao seu corpo a polícia encontrou uma motocicleta que segundo informações, pertencia a ele.

147ª Morte violenta em Mossoró – Jovem é morto com 20 tiros de pistola na Favela do Fio

Fonte: O Câmera
José Alcimar Martins de Paiva de 19 anos de idade, morador da Rua Coronel Moura, no Abolição IV, foi morto com cerca de 20 tiros de pistola, no final da noite de ontem, 21 de agosto. Seu corpo foi encontrado crivado de balas no meio da Rua José Malaquias de Oliveira, na Favela do Fio em Mossoró.

Os moradores da região foram acordados no meio da noite, mas ninguém teve coragem de sair fora para ver o que estava acontecendo. Quando o tiroteio cessou e o primeiro morador teve coragem de abrir as portas, o jovem já estava morto.

A polícia localizou várias munições de pistola deflagradas. O perito criminal. Otavio Domingos, identificou no corpo da vítima, cerca de 20 perfurações provocadas pelos disparos.

Segundo o Delegado de Plantão, Roberto Moura, o jovem tinha envolvimento com drogas, com passagens por delegacias e já havia sofrido ameaçado de morte, por causa do vício.

O local do crime foi isolado para os procedimentos das equipes da Delegacia de Plantão e do Instituto Técnico e Cientifico de Perícia, “Itep” para onde o corpo de José Alcimar Martins de Paiva, foi removido.
Fonte: O Câmera


146ª Morte violenta em Mossoró: Doméstica esfaqueada no Planalto 13 de Maio morre no Tarcisio Maia



A dona de casa, Franciscris Silva Fernandes, de 24 anos de idade, foi socorrida ontem, 13 de agosto para o Hospital Regional Tarcisio Maia, em Mossoró no Rio Grande do Norte, apresentando uma perfuração no peito provocada por faca peixeira. 

Segundo informações, ela foi deixada na Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel e precisou ser transferida para o Tarcisio Maia, onde faleceu na madrugada de hoje. 

A polícia foi informada que a confusão teria acontecido na Rua Joaquim Afonso, na residência da família da vítima, no bairro Planalto 13 de Maio e o principal suspeito seria seu próprio companheiro. 

O caso foi registrado na Delegacia de Plantão como ocorrência de violência doméstica, seguida de morte e deverá ser investigado pela equipe da Especializada em Homicídios de Mossoró. 

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

145ª Morte violenta em Mossoró: Pedreiro é morto na frente de sua casa no Belo Horizonte

 A cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, registrou na manhã de hoje, 11 de agosto, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo.
 
ocamera.com.br
O pedreiro Manoel Francisco da Mota, de 51 anos de idade, foi baleado com três disparos de arma de fogo na frente de sua casa na Rua Marinho Dantas no bairro belo Horizonte e morreu no local.

Manoel da Batatinha, como era conhecida a vítima, foi encontrado morto no meio da rua, mas ninguém sabe o que teria acontecido. A polícia recebeu informações de populares que o mesmo teria participado de uma tentativa de homicídio, mas segundo a família, ele era trabalhador e não tinha inimigos.

Segundo informações, Manoel trabalhava como pedreiro no Hospital da Policia Militar e nos finais de semanas e feriados, vendia batatinhas em frente ao teatro no centro de Mossoró para complementar a renda da família.

Quando um dos filhos de Manoel chegou ao local encontrou o portão da frente da casa aberto e com marca de um disparo. O perito criminal Jader Viana identificou três perfurações, nas costas e cabeça de Manoel, provocadas pelos disparos.


O corpo foi removido e será necropsiado na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró.

A 144ª morte provocada por arma de fogo em Mossoró aconteceu na zona rural

O crime aconteceu no início da noite de hoje, 10 de agosto, no projeto de Assentamento Mulunguzinho, zona rural de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

Cleudinilde Cunha de Brito de 28 anos de idade, foi morto com tiros de pistolas 380, ponto 40 e uma descarga na cabeça de escopeta calibre 12. 

Segundo informações, três elementos dizendo ser polícia, encapuzados e vestindo roupas pretas, chegaram na casa da família pelas portas dos fundos. Eles mandaram que os pais e a esposa, deitassem e anunciaram a prisão, dizendo que iriam levar Cleudinilde preso para a cidade de Areia Branca. 

Quando saíram fora da casa, já chegando próximo a porteira do quintal, atiraram nele várias vezes. A perícia criminal recolheu mais de 30 cartuchos deflagrados de pistola e 01 de escopeta calibre 12. 

A polícia recebeu informações da família, que Cleudinilde respondia dois processos na Justiça por violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo. Noutra informação que não foi confirmada pela família, a vítima estava com problema no pagamento de uma motocicleta, mas a família não sabe se ele vinha sofrendo algum tipo de ameaça. 

A polícia militar fez o isolamento para os procedimentos realizados no local, pelas equipes da Delegacia de Plantão e do Itep, para onde o corpo de Cleudinilde Cunha de Brito foi removido e será necropsiado.







143ª O bairro Quixabeirinha volta a ser palco de mais um crime violento

ocamera.com.br
Igor Pereira da Costa Silva, de 20 anos de idade, foi morto dentro de casa, na Rua Antônio Calixtrato do Nascimento, no bairro Aeroporto, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, por volta de 2 horas da madrugada de hoje, 09 de agosto. 

Os criminosos arrebentaram a porta da frente da casa com chutes, foram ate o quarto onde o mesmo dormia com a família e o mataram na frente da esposa e dos filhos menores. A vitima foi alvejada com cerca de tiros de pistola e revolver, a maioria na cabeça e morreu no local. A esposa e os dois filhos não foram atingidos. 

A Policia ainda não tem pistas dos criminosos, mas recebeu informações, que pode ter sido os mesmos criminosos que mataram outro jovem, na tarde de ontem, no mesmo bairro. Igor era amigo do outro rapaz assassinado e tinham inimizades. 

Pessoas ligadas à família informaram que ele constantemente sofria ameaças de morte de um grupo rival do bairro Belo Horizonte. Ninguém falou o motivo das ameaças. 

Em novembro de 2014, Igor chegou a ser preso acusado de trafico de drogas no bairro onde morava. Quando foi pego pela policia ele estava conduzindo 01 cigarro e 01 tablete pequeno de maconha, cerca de 100 gramas de crack, sem autorização ou em desacordo com determinação legal.

Jovem marcado para morrer é a mais nova vitima em Mossoró

Mais uma morte violenta foi registrada no início da noite de hoje, 08 de agosto, no bairro Aeroporto, em Mossoró, no Rio Grande do Norte. 
ocamera.com.br

Segundo informações, duas pessoas estavam bebendo na calçada de uma residência na Rua Raimundo Belarminio de Souza e foram surpreendidos por dois elementos de motocicleta que já chagaram atirando. 


O jovem João Victor Paulino de Freitas, “Vitinho” de 18 anos de idade, quando percebeu a aproximação dos acusados entrou numa residência, tentando escapar, mas foi alvejado nas costas com um disparo transfixante, com orifício de saída no peito. Ele ainda chegou a pular o muro para a casa vizinha, mas não resistiu.


A família informou a polícia que “Vitinho”, como era conhecida a vítima, tinha envolvimento com droga e era marcado para morrer. Ele teria saído de Mossoró, mas quando voltou recentemente sofreu um atentado. 


A polícia militar fez o isolamento do local e acompanhou os procedimentos realizados no local pelas equipes da Policia Civil e do Itep. O Corpo foi removido e será necropsiado na Unidade Regional do órgão em Mossoró. 

domingo, 7 de agosto de 2016

Soldador é a 141ª vitima de assassinato em Mossoró no Rio Grande do Norte

O Camera.com.br

Mais uma morte violenta foi registrada na madrugada de hoje, 07 de agosto, na cidade de Mossoró, Oeste do Estado do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu na Rua Marinho Dantas, próximo a Unidade Básica de Saúde no bairro belo Horizonte.

O corpo do soldador Antônio Carlos Santos Silva, de 37 anos de idade, foi encontrado na calçada de uma residência, morto com um tiro penetrante na boca. Moradores acordaram no meio da madrugada com o barulho do disparo e acionaram a policia militar, mas ninguém sabe nada sobre os possíveis criminosos e nem da motivação para o crime.

Segundo informações, Antônio Carlos era natural da cidade de Penedo, no estado de Alagoas, mas estava trabalhando como soldador em Mossoró. Ainda segundo informações, ele morou um tempo aqui em Mossoró, foi embora pra sua terra natal e havia retornado há pouco tempo.

O soldador foi encontrado morto, na Rua Marinho Dantas, a pouco mais de 100 metros, de onde estava morando, numa casa alugada, beco sem saída. Aparentemente nada foi levado.

Equipes da policia militar atenderam a ocorrência e acompanharam os trabalhos de pericia realizados no local pelas equipes da Delegacia de Plantão e do Itep, para onde o corpo foi removido e será necropsiado.